Dermatite Atópica – Causas e Cuidados a ter!

Dermatite Atópica, Causas e Cuidados a ter!

Cada vez mais frequente, a Dermatite atópica ou Eczema atópico é uma inflamação crónica da pele que atinge bebés, crianças e adultos. É comum ser identificada também como “pele atópica”. Tantos nomes para definir uma situação semelhante: uma pele reactiva, seca, vermelha, com comichão intensa que leva ao desespero e pode agravar o estado da pele: o coçar pode provocar feridas e infeções difíceis de tratar..
A Dermite atópica não é contagiosa! Mas é desesperante para todos que vivem com ela!

Quais as causas?

Sabe-se que os fatores genéticos são determinantes. Muitas crianças que apresentam pele atópica têm pais ou familiares com historial alérgico (asma, rinite, eczema). Também os fatores ambientais contribuem para o aparecimento ou agravamento desta patologia. A exposição à poluição, ao tabaco, as modificações da indústria alimentar… o mundo está em constante evolução e também a nossa saúde é afetada por isso.

Como se manifesta?

Há 2 fases distintas na Dermite Atópica:
Fase inactiva: a pele está seca ou muito seca, pode apresentar alguma descamação e vermelhidão ligeira. É necessário hidratar, hidratar muito e evitar fatores que podem desencadear crises – veja os nossos conselhos abaixo.
 Fase activa – fase de “crise”: a pele apresenta-se irritada, com comichão e vermelhidão intensa, inchada, podendo apresentar escoriações e feridas. Nesta fase já é necessária medicação tópica e/ou oral, siga o esquema do seu médico.
Além dos problemas causados pela irritação cutânea, outros há que não podem ser esquecidos: problemas psicológicos (falta de auto-estima, isolamento, depressão, irritabilidade..) e problemas físicos( insónias, cansaço, infeções..).

Como prevenir?

Não se pode prevenir mas podem ser tomados cuidados para diminuir as crises e manter a integridade da pele:
  • Banho

– O banho/duche deve ser rápido (5-10 mn). Use água morna!
– Escolha produtos de qualidade: sem perfumes, sem detergentes agressivos, sem conservantes. O ideal é serem específicos para peles secas, sensíveis/atópicas
– Depois do banho use cremes gordos.

  • Vestuário:

– O ideal é usar roupa de algodão, sobretudo a roupa interior. Evite fibras sintéticas e lãs junto ao corpo.
– Evite roupa muito apertada, a sua pele é frágil e reativa…
– Lave sempre a roupa antes de a usar pela primeira vez.
– Para a lavagem da roupa prefira detergentes suaves, sem perfumes nem agentes irritantes. Não utilize lixívia nem amaciadores.
– Corte as etiquetas, são normalmente feitas de tecidos irritantes.

  • Em casa:

– A roupa de cama deve ser de algodão, macia e confortável. Prefira materiais hipoalergénicos e com tratamento anti-ácaros.
– Evite contato com substâncias alergénicas( detergentes, bolor, alergénios de animais..)
– Evite ambientes muito quentes ou muito frios.
– Nos quartos das crianças evitar peluches e livros, que acumulam muito pó. Mantenha-os em estantes fechadas.
– Mantenha a casa limpa e arejada.

  • Outros conselhos:

– Evite coçar a pele. Mantenha as unhas limpas e cortadas. Nas crianças pode ser útil o uso de luvas durante a noite.
– Não esquecer os cuidados com o sol: use e abuse do protetor solar, de preferência com filtros minerais.
– Evite alimentos que agravem o estado da sua pele.
– Siga as recomendações do seu médico e visite-o regularmente.
Em Portugal quase 10% da população tem este problema! Na infância a percentagem é ainda maior e tem vindo a aumentar nas últimas décadas. A boa notícia é que muitas destas crianças melhoram com a idade e deixam de apresentar queixas por volta dos 10 anos.

Alguns produtos que sugerimos:

https://alergostop.pt/product-category/bebe/vestuario/

https://alergostop.pt/product-tag/anti-acaros/

https://alergostop.pt/product-tag/detergentes/

https://alergostop.pt/product-category/bebe/higiene/