O frio agrava as doenças respiratórias?

O frio agrava as doenças respiratórias?

 

Sim! Todos temos essa ideia e na verdade são várias as razões:

– o ar frio seca e agride a mucosa nasal: ocorre irritação e produção de muco levando à congestão do nariz e acumulação de secreções.

– existem vírus que se “dão bem” com o frio, desenvolvendo as doenças típicas da estação (rinovírus – constipações, influenza – gripe, vírus sincicial respiratório  – bronquiolites)

– Com o frio temos tendência a passar mais tempo em ambientes fechados, e muitas vezes com grande concentração de pessoas facilitando a transmissão de agentes infecciosos.

– Em nossas casas alguns fatores facilitam a sensibilidade do nosso organismo: o ar está aquecido( lareiras ou aquecedores) e não se renova,  a limpeza não é tão eficaz e concentram-se alergénios (ácaros, pó, tabaco, resíduos e pêlos de animais domésticos), aumentando o número de crises alérgicas e episódios de asma.

– As diferenças de temperatura deixam o nosso organismo mais vulnerável e mais exposto a desequilíbrios na defesa contra agentes externos.

Então o que podemos fazer para nos protegermos?

– Evite o contato com pessoas doentes.

– Evite o tabaco e ambientes poluídos.

– Areje a casa sempre que possível e faça uma limpeza regular.

– Se tem animais de estimação evite que entrem no seu quarto e assegure-se da sua higiene frequente.

– Utilize roupa de cama anti-ácaros, asseguram uma barreira que impede o contato com estes seres causadores de alergias e problemas respiratórios. Se possível mude a roupa de cama semanalmente.

– Assegure-se que os sistemas de aquecimento( ventiladores, aquecedores, aparelhos de ar condicionado) estão limpos e com boa manutenção.

– Cuide da sua saúde! – se é asmático, tem doença alérgica ou respiratória, ou tem alguma doença crónica visite o médico com regularidade e siga as suas indicações. A vacinação contra a gripe pode ser importante como meio de proteção da doença e prevenção de complicações respiratórias.